PROTERRA

Red Iberoamericana de Arquitectura y Construcción con Tierra

Rede Ibero-Americana de Arquitetura e Construção com Terra

 
25-09-2017
 
 
Histórico Imprimir

IV Assembleia PROTERRA

História do PROTERRA

PROTERRA surgiu como um Projecto de Investigação temporal de quatro anos do Programa Ibero-americano de Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento – CYTED em Outubro de 2001, com o objectivo de incentivar o uso da terra como material de construção através da realização de projectos demonstrativos, publicações, cursos e outros eventos. PROTERRA iniciou com a participação de sete representantes de instituições de sete diferentes países. Logo, instituições e outras pessoas com experiência reconhecida solicitaram sua integração a PROTERRA, assim como estudantes de graduação e pós-graduação e outros profissionais interessados no tema. O projecto de investigação PROTERRA realizou várias publicações, diversos eventos e agregou mais de cem especialistas em arquitectura e construção com terra provenientes de Portugal, Espanha e demais países latinos americanos. Entre as actividades do PROTERRA podem-se destacar:

  • Os SIACOTs (Seminário Ibero-americano de Construção com Terra);
  • Outros seminários, cursos, oficinas e projectos demonstrativos;
  • Exposição itinerante de painéis com informações e exemplos da arquitectura e construção com terra;
  • Publicações impressas e digitais.

Em Fevereiro de 2006, quando finalizou o projecto de investigação PROTERRA do CYTED, criou-se a Rede Ibero-americana PROTERRA com quase todos os membros do extinto PROTERRA, além de outros interessados, até mesmo fora do limite espacial ibero-americano, com o objectivo e linhas de acção semelhantes aos do projecto de investigação PROTERRA.

Desde sua criação, em Outubro de 2001, PROTERRA procurou, através dos mais diversos eventos, alcançar profissionais dedicados à arquitectura e construção com terra, promovendo sua integração e estimulando o intercâmbio de conhecimento e parceria em diversos trabalhos.

No início, o foco de PROTERRA era a habitação de interesse social e a proposta era dispor de um grupo de especialistas ibero-americanos que poderiam dar suporte técnico aos programas de construção desenvolvidos nos diversos países. Logo se percebeu que o uso da terra em programas de habitação de interesse social não aconteceria somente com a formação de uma equipa internacional de profissionais, pois já existiam, em cada país, profissionais competentes para dar o apoio técnico necessário. Porém era necessário estimular e difundir o uso da terra através de outras acções, de modo a dar o suporte científico à Arquitectura e Construção com Terra através da elaboração de um acervo bibliográfico actualizado, adequado às actuais circunstâncias de cada país e região.

Em que pese seu carácter de construção contemporânea à princípio, PROTERRA incorporou actividades e profissionais dedicados a preservação do património por compreender a forte ligação existente entre o conhecimento produzido para a restauração de edificações e para a construção actual de habitações, cuja base tecnológica desenvolvida nessa área é essencial para resgatar e manter viva a tradição e a memória do conhecimento.

O grande êxito de PROTERRA deve-se principalmente à equipa de profissionais, que funciona em carácter horizontal, sem destaques ou hierarquias por títulos: todos os membros têm sempre muito que colaborar e muito que aprender. As ideias criativas dos novos profissionais e os desafios das condições de produção questionam directa e saudavelmente os especialistas, obrigando-lhes a reflectir, argumentar e desenvolver soluções. Para cada membro de PROTERRA, o intercâmbio possibilita o estímulo na forma de pensar, na evolução de suas investigações, em suas actividades e conhecimento.

A integração de profissionais a uma rede como PROTERRA, que muitas vezes estão isolados do sistema de ciência e tecnologia, traz um novo ânimo a sua conduta, pois eles encontram-se amparados por parceiros que contribuem significativamente com seus trabalhos.

Actualmente, PROTERRA coordena discussões sobre procedimentos de ensaios e parâmetros para qualificação de produtos, tais como adobe, BTC, alvenaria, entre outros, além de seguir com suas actividades de difusão e capacitação. Um programa inter-laboratorial foi iniciado no final de 2007, cujo primeiro passo é definir um procedimento de ensaio para determinar a resistência à compressão do adobe e parâmetros para sua qualificação. Além destes, PROTERRA incentiva a formação de redes regionais e de temas específicos de modo que se alcance um significativo número de pessoas interessadas em aprender e construir com terra.

História do HABITERRA


Recuerdos de la Historia de Habiterra

Gestão do Website do PROTERRA